Página 7 - Informativo Fesp iNova - Nº 3 - Outubro 2012

Água dos afluentes do
rio São João em Fortaleza
de Minas é avaliada
Conhecer melhor a atual qua-
lidade das águas do Rio São
João em Fortaleza de Minas
(
MG), fazer um diagnostico da
bacia levantando os problemas
que possam interferir na quali-
dade da água e propor medidas
que possam contribuir para a
melhoria da qualidade da água
e assim garantido benefícios as
futuras gerações são os objeti-
vos do estudo que está sendo
desenvolvido pelo professor
mestre Norival França com a
orientanda Sirlene Aparecida
da Silva.
A pesquisa contribuirá ainda
com as informações necessárias
para elaboração do trabalho de
conclusão de curso da discen-
te e bolsista do projeto Sirlene
Aparecida da Silva que termi-
nará seu curso de Engenharia
Ambiental no final do 2012 e
com a defesa de seu TCC, serão
publicados os dados obtidos.
Estaremos também fazendo
a divulgação dos resultados
através de congressos por con-
siderarmos uma das formas efi-
cientes de comunicação entre
pesquisadores”, disse Norival.
Ao final da pesquisa, após
terminar todos os estudos, se-
rão propostas medidas para
melhorar a situação da quali-
dade das águas do município
de Fortaleza de Minas. Entre
estas medidas os pesquisadores
propõem o envolvimento dos
órgãos municipais, elaborando
um planejamento e monitora-
mento da qualidade da água
do município que deverá contar
também com a população da de
Fortaleza de Minas.
APOIO FINANCEIRO: FESP
Pesquisa estuda
insetos em Capitólio
Os insetos compreendem
mais de 70% das espécies do
planeta e sua contribuição
para a manutenção dos ecos-
sistemas é proporcional a sua
grande diversidade, no entan-
to, seu relativo baixo conhe-
cimento, aliado ao precon-
ceito a eles associados, torna
difícil e desafiadora a tarefa
de usá-los como modelo na
educação ambiental. É com
o objetivo de estudar os inse-
tos que ocorrem na região e
usá-los como agentes de sen-
sibilização ambiental que o
professor doutor Juliano Fio-
relini Nunes e o orientando
Felipe Naves Pereira da Silva
do curso de Ciências Bioló-
gicas está desenvolvendo na
Trilha do Sol em Capitólio
MG, pertence à Fazenda
Boa Vista. “Quando se mos-
tra belas coleções entomoló-
gicas (coleções de insetos) às
pessoas, os preconceitos dão
lugar à admiração e respeito
pelos serviços ambientais por
eles prestados, melhora-se o
entendimento do ambiente e
passa-se a tratá-lo de forma
diferenciada, mais harmo-
niosa”, descreve o professor
Juliano.
Os insetos estão sendo co-
letados mensalmente com di-
ferentes métodos tradicionais
em coletas entomológicas.
Depois de coletados são le-
vados ao laboratório de en-
tomologia da FESP onde são
identificados, devidamente
etiquetados e incorporados à
coleção. Os exemplares que
será utilizados na sensibiliza-
ção ambiental são montados
em alfinetes e colocados em
caixas demonstrativas.
APOIO FINANCEIRO: FESP