Informativo Fesp iNova - Nº 4 - Outubro 2013 - page 3

A pesquisa científica sobre
o dinamismo social e sua re-
percussão no âmbito dos con-
tratos é desenvolvida pela pro-
fessora doutora, Ana Paula de
Fátima Coelho, coordenado-
ra do Curso de Direto conta
com a participação da aluna
bolsista do Curso de Direto
da FESP, Bruna Alves Olivei-
ra de Abreu. O projeto consis-
te em pesquisar os ditames da
razão, lei ou consciência do
Direito Civil, essencialmente
sobre os contratos, ou seja,
conhecer e refletir sobre esse
instituto jurídico por sua posi-
ção de importância e por sua
presença nas relações sociais
cotidianas.
Este estudo mostra-se extre-
mamente relevante na conju-
gação entre sociedade e tutela
jurídica. Desde muito tempo
os contratos são utilizados
para circulação de merca-
dorias e bens e satisfação de
necessidades das pessoas. So-
bretudo, na era globalizada,
tecnológica e capitalista em
que nos vemos inseridos, faz-
-se crucial o bom conhecimen-
to deste instituto jurídico e a
análise sobre os desafios que
enfrentamos diante da ampla
repercussão do dinamismo
social no âmbito da seara con-
tratual. A sociedade é dinâmi-
ca, assim como são dinâmicas
as relações vivenciadas pelas
pessoas em sociedade. Toda
essa realidade repercute na ce-
lebração de contratos cada vez
mais diversificados quanto ao
seu objeto, quanto as obriga-
ções e direitos que geram. O
contrato continua a ser a mola
propulsora do dinamismo do
mercado, mas devemos bus-
car meios para que não sirva
somente a mera circulação de
riqueza, mas sobretudo, que
se reverta efetivamente às ne-
cessidades e anseios das pes-
soas, em respeito à dignidade
humana e todos os princípios
de ordem social.
Apoio Financeiro:
PAPq/UEMG.
Pesquisadores
da
FESP realizam estudos
para avaliar o desen-
volvimento produtivo
do milho safrinha. Este
projeto compara a efici-
ência do nutriente fósfo-
ro na utilização de fon-
tes: Map e Penergetic na
produtividade das plan-
tas. Este experimento
está sendo desenvolvido
na Fazenda Experimen-
tal da FESP, onde esta
sendo testado o efeito de
diferentes doses de fós-
foro no plantio do mi-
lho safrinha com e sem
a presença do Penerge-
tic, além da aplicação do mesmo sem adubo fosfatado.
O projeto é desenvolvido e orientado pelos Professores
Doutores, Bruno Silva Pires e Rita de Cássia Ribeiro Car-
valho e pelo aluno do 5º período do curso de Agronomia
e bolsista de iniciação científica da UEMG, Bruno Brito
de Almeida Rosa.
A condução deste estudo tem como objetivo avaliar a
eficiência do Penergetic em disponibilizar fósforo do solo
para a cultura do milho comparativamente e juntamente
a diferentes doses de fertilizante fosfatado. Espera-se que
os tratamentos que recebem Penergetic com ausência da
adubação fosfatada no plantio ou com adubação reduzi-
da se desenvolvam e produzam de maneira similar aos
tratamentos que recebem a dose total do fertilizante fos-
fatado. Desta forma, este tratamento irá gerar uma maior
eficiência na utilização do fósforo como fertilizante, di-
minuindo as doses e consequentemente aumentando a
expectativa de vida útil de exploração das reservas mun-
diais pela diminuição de sua utilização, garantindo a pro-
dução de alimentos com um menor custo de produção.
De acordo com o Prof. Dr. Orientador do projeto de
pesquisa FESP, Bruno Silva Pires, é necessário pesquisar
formas de aumentar o aproveitamento do fósforo no solo
evitando o risco de diminuir drasticamente a produção por
falta deste, ou ainda a possibilidade de aumentarmos mui-
to o custo de produção pelo aumento do preço devido à
menor oferta no mercado futuro. O Penergetic é um pro-
duto que visa fornecer e ativar os microrganismos do solo,
e assim tornar o fósforo do solo disponível as plantas.
Apoio Financeiro: PAPQ / UEMG
Pesquisa traz resultados
positivos para a produção
do milho safrinha
Projeto analisa o dinamismo
social e sua repercussão no
âmbito dos contratos
informativo fesp inova 04.indd 3
14/10/2013 08:49:13
1,2 4,5,6,7,8,9,10,11,12
Powered by FlippingBook