Informativo Fesp iNova - Nº 4 - Outubro 2013 - page 8

Estudo propõe melhorias
na qualidade do leite
produzido em Passos
A FESP através do projeto
“Avaliação de incidência de
mastite bovina através da con-
tagem de células somáticas
em propriedades leiteiras do
município de Passos – MG”,
coordenado pela professora
Doutora Odila Rigolin de Sá,
oferece aos pequenos produ-
tores de leite, instrumentos de
avaliação e gerenciamento de
suas propriedades, para que
os mesmos possam melhorar
a qualidade do leite produzi-
do atendendo a Normativa
No 51 e 62 do Ministério da
Agricultura, Pecuária e Abas-
tecimento. Este projeto está
avaliando a presença de mas-
tite subclínica em bovinos de
duas propriedades leiteiras no
município de Passos – MG. O
estudo esta sendo desenvol-
vido no Laboratório de Aná-
lises Ambientais e Produtos
Alimentícios – LAAPA da
Fundação de Ensino Superior
de Passos / FESP.
As coletas estão sendo rea-
lizadas quinzenalmente e en-
caminhadas para o Laborató-
rio de Análises Ambientais e
Produtos Alimentícios (LAA-
PA), localizado na Fundação
de Ensino Superior de Passos-
-MG. O laboratório realiza
análises microbiológicas (con-
tagem de coliformes totais,
termotolerantes e contagem
bacteriana total - CBT), con-
tagem de células somáticas e
antibiograma.
Este projeto é de grande
relevância para os produtores
rurais, pois através do mesmo
certifica-se a saúde do animal,
verifica-se a qualidade do leite
cru e ainda trabalha e a cons-
cientização do produtor em
relação aos hábitos de higiene
no momento da retirada do
leite através de ordenha me-
cânica. O leite é considerado
um alimento quase completo
para o homem, e, portanto
amplamente comercializado
e consumido pela população
mundial por tratar-se de um
produto perecível, o leite me-
rece atenção especial na sua
produção,
beneficiamento,
comercialização e consumo,
pois estará sempre sujeito a
uma série de alterações.
Apoio financeiro:
FAPEMIG e PIBIC/FESP
Estudo determina a matéria
seca em alimentos para
uso animal por meio
do forno microondas
A Fundação de Ensino Superior de Passos / FESP desenvol-
ve pesquisa científica referente ao processo para determinação
do teor de matéria seca por meio do uso de forno microondas
doméstico. O projeto é orientado pelo professor Mestre Ricardo
Ferreira Godinho, pela coorientadora professora doutora Rita
de Cássia Ribeiro Carvalho e a bolsista Patrícia Lopes Fontes.
Este estudo tem por objetivo desenvolver e validar uma me-
todologia para avaliação do teor de matéria seca em alimentos
de uso animal, sem o uso de recipiente com água junto com a
amostra.
As amostras foram coletadas na Fazenda Tucaninha municí-
pio de São João Batista do Glória/MG onde foram realizados
as determinações do teor de matéria seca pelo método do forno
microondas. As análises de matéria seca em estufa estão sendo
conduzidas no Laboratório da FESP.
Cada alimento é coletado em um dia específico, serão 36
amostras de 150g de cada alimento, as quais serão acondicio-
nadas em sacos plásticos, fechados hermeticamente, e de forma
aleatória serão separadas 24 amostras para avaliação na própria
fazenda em forno microondas (Dako modelo MD – 17 AMB),
12 utilizando recipiente com água junto com a amostra, 12 sem
o recipiente, e 12 amostras sendo analisadas em estufa no La-
boratório da FESP.
O conhecimento do consumo de matéria seca pelo animal é o
primeiro passo para a formulação de dietas para vacas leiteiras.
A determinação da matéria seca em programas de alimentação
é importante para garantir que os animais recebam a quantida-
de adequada de nutrientes por meio de sua dieta. Realizada de
forma sistemática, o conhecimento do teor de matéria seca dos
alimentos é mais uma ferramenta de auxílio ao nutricionista e
produtor, e esta metodologia de determinação de matéria seca
pelo método de forno microondas é prática, simples e viável de
ser adotada nas propriedades rurais.
Apoio Financeiro: FAPEMIG.
informativo fesp inova 04.indd 8
14/10/2013 08:49:28
1,2,3,4,5,6,7 9,10,11,12
Powered by FlippingBook